Descubra como melhor lidar com a solidão

Solidão é prejudicial? Ou faz parte da experiência humana e deve ser valorizada?

Considerada um dos maiores medos da humanidade, a solidão muitas vezes é tratada como um tabu. No entanto, cada vez mais pessoas enxergam a necessidade de falar sobre o que é solidão, devido aos diversos problemas que a falta dessa discussão pode causar. No Reino Unido, inclusive, foi criado o Ministério da Solidão, que ficou encarregado de atuar com órgãos do governo para ajudar a resolver questões ligadas ao tema.

Quando a solidão é uma opção, ela pode ser extremamente benéfica. Parte essencial de alguns processos e momentos da vida, ela ajuda o ser humano a se encontrar em momentos difíceis. No entanto, a partir do momento que ela é considerada um incômodo, é muito importante que ela seja observada e, eventualmente, tratada.

Evitando o isolamento

Estar sozinho não implica em sentir-se solitário e vice-versa. A solidão é, na verdade, uma espécie de desconexão com o seu ambiente. Pode ser a sensação de estar rodeado por pessoas e ainda assim não ser compreendido por ninguém, ou ainda que você não possui relações significativas para a sua vida.

Ter autoconhecimento pode ser um aspecto essencial para lidar com o isolamento. Afinal, é importante saber de onde ele vem e se ele é uma opção ou um sintoma de que sua forma de se relacionar com o mundo pede o auxílio de um profissional. Descobrir a essência da identidade é uma maneira de se compreender melhor e entender os diferentes momentos da sua vida, inclusive as situações nas quais o isolamento pode ser benéfico.

Use a tecnologia a seu favor

Muitas pessoas dizem que existe uma onda de solidão afetando seres humanos de todo o mundo. Segundo um estudo realizado em 1948, é possível comparar o número de pessoas idosas que sofre de solidão crônica nos últimos 70 anos. O resultado mostrou que a porcentagem continua estável, de cerca de 6% a 13%.

Ou seja, apesar de todas as mudanças culturais e tecnológicas, as pessoas continuam com o mesmo sentimento.

No entanto, atualmente é possível fazer uso de diversas ferramentas que estão ao seu alcance para aplacar a solidão. Pertencer a um grupo com afinidades pode ser uma boa maneira de conseguir companhia. Para isso, você pode fazer uso da internet, com seus diversos grupos e fóruns, ou até mesmo se matricular em algum curso presencial de seu interesse.

Pratique esportes

Algumas pesquisas recentes apontam uma relação entre a solidão e um risco maior de doenças cardíacas ou derrame cerebral. No entanto, eles são estudos transversais, que não levam em consideração, por exemplo, a história dessas pessoas, assim como seus hábitos. Portanto, não seria o correto afirmar que a solidão é a causa desses problemas. O inverso, entretanto, também é possível: pessoas que já possuem a saúde debilitada se sentem mais solitárias por conta da própria condição.

Porém, uma alternativa é possível: se você praticar esportes buscando uma vida mais equilibrada e saudável, será muito mais fácil socializar com outras pessoas que têm a mesma rotina que você. Seja em academias ou ar livre, o simples movimento de sair de casa e praticar atividades que estimulem os neurotransmissores aumenta a sensacão de satisfação e felicidade, deixando você mais disposto a se relacionar com outras pessoas.

Veja outras publicações em nosso site e encontre também os melhores cursos de Programação Neurolinguística para você promover seu maior autoconhecimento.

Compartilhe:
Contato