O que a PNL te ensina sobre o seu mau humor

Seu mau humor pode ser um importante mensageiro!

Todos temos dias em que nos sentimos muito bem, dispostos e alegres. E tem aqueles nos quais nos sentimos mal, irritados e ansiosos. É natural que passemos por essas transições de humor e elas podem ser muito benéficas para a sua vida.

De acordo com a Programação Neurolinguística, até mesmo o seu mau humor pode conter informações preciosas sobre você. Ou seja, aquilo que altera o seu humor pode te ajudar também a melhorar a sua qualidade de vida!

Compreenda o mau humor

É natural querer se livrar de emoções desagradáveis ou que nos causem algum tipo de desconforto. Mas quantas vezes você tentou esconder um determinado estado de espírito e isso foi responsável por uma situação muito pior depois?

Permanecer por muito tempo irritado, deprimido ou em estado de atenção pode ser um sinal de algum problema mais grave, que merece a atenção de um médico especialista. No entanto, se isso acontece no seu dia a dia, vale a pena parar para pensar: por quê?

Quais são os motivos que fazem o seu humor mudar? É necessário entender que o “baixo astral” não surge do nada, não é “aspirado no ar”. Ele geralmente é o resultado de um comportamento feito por você ou outras pessoas ao seu redor. Ou seja, a maneira como você tem pensado, como reage ou como se comunica com os outros pode ser a principal fonte do seu sentimento desagradável.

Ao simplesmente querer se livrar do mau humor, você evita aprender com essa experiência, ficando mais propício a repeti-la.

Como lidar com o mau humor usando PNL

O primeiro passo para lidar com o mau humor é entendê-lo. Ou seja, é necessário decodificá-lo para que este estado possa mudar e trazer transformações duradouras para a sua vida.

Uma vez que esse humor for reconhecido, tente retornar ao momento anterior. Retome mentalmente esse instante interior, sentindo a tranquilidade que estava ali antes. Com esse sentimento recordado, avance agora ao mau humor. Repita esse processo, buscando compreender o motivo do sentimento desagradável.

Com isso bem definido, pergunte-se: o que pode ser feito para evitar o mau humor no futuro?

Técnica versátil

Essa técnica permite que você consiga compreender ainda outros sentimentos também classificados como “não desejados”, como a culpa, raiva, letargia, pânico e ciúmes.

Faça uma lista dos sentimentos que podem ser desagradáveis e tente trabalhar com esses usando essa estratégia. Perceba quando eles surgem, quais são os motivos que o levam até eles e então tente descobrir o que pode ser feito diferente para chegar a um novo resultado.

Webinar o poder da resiliência